Sobre

Blog de Paulo Barreto.

Sonho com um mundo sustentável. No Imazon estudo políticas e medidas de mercado para o desenvolvimento sustentável na Amazônia. Mestre em Ciências Florestais pela Universidade Yale.

Anúncios

8 Responses to Sobre

  1. Pedro Braga disse:

    Olá Paulo!

    Parabéns pela sua iniciativa, achei realmente muito interessante seu relato sobre as pesquisas científicas na amazônia!

    Aproveitando a oportunidade, gostaria de fazer uma pergunta.
    Tenho como hobby (e a pretensão de uma futura profissão) a construção de instrumentos musicais de corda, em especial guitarras e violões. Por isso acho muito interessante assuntos relacionados a madeiras. Há um consenso (mundial, aliás) de que as duas melhores e mais valorizadas madeiras na construção destes instrumentos e de muitos outros são o mogno e o jacarandá. O mogno é uma madeira extremamente versátil (e necessária), não apenas pelo aspecto estético, mas facilidade em se trabalhar e principalmente pelas propriedades sonoras da madeira, que proporcionam um ótimo som ao instrumento. O jacarandá, como você já deve saber, é uma espécie praticamente extinta, por ser de origem da mata atlântica. Hoje é uma madeira extremamente difícil de se encontrar e, segundo boatos que já ouvi, seu preço no mercado negro chega a alcançar R$150.000 por m³.

    Gostaria de saber se hoje existe algum meio de manejo de extração legal e controlada para o mogno, ou pelo menos alguma forma de transformá-lo em uma madeira sustentável para o comércio, para que se possa fazer um uso equilibrado deste recurso na industria dos instrumentos, e assim diminuir o fardo de estar contribuindo com a destruição das nossas florestas.

    Gostaria de tirar essa dúvida e saber sua opinião sobre o assunto.
    Mais uma vez, parabéns e obrigado pela atenção!

    • Paulo Barreto disse:

      Pedro,

      o mogno foi explorado principalmente de forma predatória o que levou a espécie a quase extinção comercial – ou seja, há pouco mogno para explorar comercialmente. Porém, é possível explorá-lo de forma sustentável. Além disso, há alguns plantios no Brasil e outros países. Entretanto, a qualidade da madeira dos plantios tende a ser inferior a madeira das florestas nativas.

      O site abaixo faz um bom resumo da história natural do mogno, sobre sua exploração e manejo.
      http://www.swietking.org/index.html

      Abs,
      Paulo Barreto

  2. Érika disse:

    Olá Paulo!
    Estou divulgando uma revista digital feita com intuito contribuir para a solução de problemas ambientais brasileiros.
    Estaremos mandando um e-mail de divulgação com mais detalhes, e para isto gostaria de saber qual e-mail de contato eu poderia utilizar para divulga-la com você!

    Seu blog é muito interessante! Parabens!

    Atenciosamente,
    Revista Caititu

  3. Carlos Miller disse:

    Excelente blog Paulo. Parabéns !

  4. Suzana disse:

    Agradeço por sua nobre atitude!

    Posso notar que você realizar algo muito difício, como posso ajudar?

    Atenciosamente,
    Suzana Campillay

    • Paulo Barreto disse:

      Oi Suzana,

      Obrigado por sua oferta de ajuda.

      Você poderia ajudar da forma que você possa ser mais efetiva. Assim eu pergunto o que você acha que poderia fazer bem? Você poderia disseminar o endereço de minhas publicações e do blog para seus amigos? Você tem idéias que gostaria de compartilhar? Você poderia enviar mensagem para os governantes cobrando as ações necessárias para promover o desenvolvimento sustentável da Amazônia?

      Enfim, não tenho um pedido especifico de ajuda, mas você pode sim ajudar agindo com base nos seus talentos.

      Abraços,

      Paulo Barreto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: