Um acordo inteligente entre Dilma e Alckmin


A presidente Dilma e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin são de partidos opostos e já até disputaram a presidência da República. Porém, são igualzinhos em um item: têm medo de propor a eficiência no uso de recursos.

Os reservatórios das hidrelétricas estão secando, o que aumenta o risco de faltar energia. Em vez de propor o uso racional, Dilma tentou fazer a energia ficar mais barata, aumentando o consumo. Dilma não quer falar sobre eficiência, pois é ano eleitoral e quer evitar o ataque da oposição.

A mesma seca está afetando o abastecimento no Estado de São Paulo. A revista Época desta semana afirma que o Governo do Estado, por razões políticas, adiou as campanhas e medidas para economizar água. Claro, tem medo de ser atacado pela oposição.

O problema, é que o medo de ambos põe em risco os eleitores.

Como a fonte de risco é a mesma (seca), eles poderiam fazer um acordo. Ambos anunciariam no mesmo dia campanhas pela eficiência e combinariam com os correligionários que ninguém atacaria os adversários sobre o atraso no enfrentamento do desperdício de água e energia.

Assim, eles continuariam a ser iguais, mas sem por em risco a economia e a qualidade de vida das pessoas.

Anúncios

One Response to Um acordo inteligente entre Dilma e Alckmin

  1. Luiz disse:

    Boa ideia! Até porque PT e PSDB já mostraram que, quando interessa a ambos, eles podem ser bons parceiros. Exempo disso foram os acordões pra entrerrar CPI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: